domingo

Jackie sai da UQG.

Antes de mais nada eu gostaria de relembrar alguns acontecimentos da nossa banda...

Me lembro ainda daquele show nosso no extinto Moinho, quando a UQG estava fazendo o seu "último show". Não me lembro o ano que era, acho que em 2009, em novembro, mais ou menos.

Nesse dia da nossa banda tinha restado somente: eu.
Foi também nesses meados que o Rafinha também tinha se posicionado como novo vocalista.
Mas foi nesse dia que eu cheguei pra um amigo no camarim, um cara que eu nem conversava muito, e comentei da banda, do que aconteceu e que eu não queria que essa bagaça fosse pra fita.
Sem pestanejar ele aceitou o posto de guitarrista, disse que cantaria também. Jackie tinha entrado na Um Quarto de Gim, sendo que não tínhamos nem equipamentos pra ensaiar, nem dinheiro, nem porra nenhuma, apenas meteu a cara! Sou eternamente grato por isso, puta merda!









Não me lembro de datas, mas ele tocou de 2 a 3 anos com a gente. Nesse tempo teve brigas, bebedeiras, discussões, diversões, merdas, shows bons, shows ruins, shows péssimos, mas a parceria sempre esteve firme. Afinal de contas, é normal essas merdas acontecerem numa banda, não é mesmo? Exige fôlego pra aguentar um monte de macho todo final de semana, ainda mais quando eles peidam pra caralho!

Sempre comparamos uma banda com um casamento, porém no casamento o sexo resolve muita coisa, já na banda DEUSULIVRE! De macho peludo na minha vida já basta eu mesmo!! HEUAHEUA

Mas o fato é esse, o Jackie caiu fora da banda por ter outros objetivos em mente, como por exemplo, dar mais atenção pra faculdade, o cara passou na UDESC. No final de 2012 ele anunciou sua saída da banda, participou dos últimos shows agendados sem deixar a desejar em momento algum. Entendemos que cada um tem seu caminho, seus objetivos, cada um tem o seu tempo pra tudo, sem problemas com isso. Jackie será pra sempre o nosso parceiro, independente de estar no palco, na frente do palco, ou no balcão do bar.


Nesse momendo a Um Quarto de Gim voltou a ser um quarteto, mesmo porque não estamos em busca de um novo guitarrista. Permaneceremos com um vocal, um baterista, um contrabaixista e um guitarrista.

É uma fase nova da UQG, se encaminhando para o quinto ano de existência e para o segundo EP.

Se é "roque" que Joinville e região precisa, é isso que faremos com o máximo de qualidade possível!

Grande abraço, parceiros!

Um comentário:

  1. Triste e feliz... cada um tem um caminho, um sonho e com todo o apoio deve ser realizado. Amizade verdadeira permanece até o fim, independente do que aconteça. Parabéns a esse nego chato aí e a banda também por estar ao lado dele nessa nova conquista!

    ResponderExcluir