segunda-feira

Pescoço fudido.


Bom dia amigos! Estou aqui novamente, depois desse feriado de entupimento com chocolate e metalzim (além da dose de tequila lá na Touch!).

Caras... meu pescoço tá um bagaço... nunca mais será o mesmo depois do cover INSANO de Pantera lá na Touch sábado, dia 23/04, na II Noite Vírus Rock.


Galera Pantereandominha linda ali *-----*)

Fui o único das putassas da UQG que apareceram por lá. Bom pra bater um papo com o parceiro Sérgio e o guitarrêro da Ciclo Rock, Giliard (espero que seu nome se escreva assim, mano). Além de descolar o cérebro na quebraceira.

A noite começou com a Shadows Clans (acho que é isso), que surpreendeu no seu (se eu ouvi certo) primeiro show. Os caras são bons sim! Pena que confesso que não é de um estilo musical que eu curto, mas pra estilo os caras são fera.

Na hora da Katharsick eu tava lá embaixo trocando uma idéia com a rapaziada, então nem posso comentar sobre o show (desculpas aos catárticos).

Subi as escadinhas of doom da Touch para conferir o show da curitibana Rejection. Caralho! que foda aquilo! fiz questão de ficar lá na frente headbangueando feito um primata com encefalopatia espongiforme bovina. Confesso que meu pescoço nunca mais será o mesmo depois de Primal Concrete Sledge.

Re! Spect! Walk!

Congratulações à incrível banda Rejection, ao GIAM que fez aniversário no domingo, à Touch e Vírus Rock por fazer acontecer essa grande noite e ao público que frequentou a casa numa boa, que mesmo com a musica de quebraceira não abusou da violência, respeitou o espaço do palco dos músicos e forneceu o combustível para as bandas: A mais pura e fodelhosa curtição!


Vi muitos cabeludos felizes e satisfeitos no final da noite... e o Giliard rolando pela porta da frente da Touch completamente mamado xDDD

Valeu! Até a próxima!

aAaAaaleás, aceito sugestões de músicas pros próximos ensaios da UQG... Preparem-se, em breve fazendo o roque rolar na noite de Joinville!

Nenhum comentário:

Postar um comentário